Para se consolidar no G4, Santos encara o Atlético-PR na Vila
01/10/2016 15:00 em Esportes

 

     Com nove pontos de distância para o líder Palmeiras, o Santos já começou a desistir de conquistar o título do Campeonato Brasileiro. Mesmo ainda com possibilidades para levantar a taça, os próprios jogadores já admitem a dificuldade. Apesar disso, o Peixe segue no G4 e luta para disputar a Libertadores do ano que vem. E se quiser continuar na quarta colocação, os santistas precisam bater o Atlético-PR, neste sábado, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 28ª rodada da competição.

     Com 42 pontos, o Furação está a três do alvinegro, que tem 45. Caso os comandados de Dorival Júnior percam o duelo deste sábado, irão ver os paranaenses empatarem na pontuação. Como o Santos tem saldo de gols melhor, não perde o posto para o rival mesmo com uma derrota. Porém, o Fluminense tem 43 pontos e recebe o Sport, no Rio de Janeiro, também no sábado, mas às 11h (de Brasília). Se os cariocas vencerem, podem ultrapassar os santistas.

     “Queremos nos manter no G-4 e tentar tirar a diferença. É um jogo muito importante, decisão, jogando em casa, com apoio da torcida. Temos obrigação de vencer”, afirmou o meia Lucas Lima.

     E para manter-se entre os quatro primeiros, o técnico Dorival Júnior terá um retorno importante. O atacante Ricardo Oliveira voltou aos treinamentos na última quinta-feira e deve voltar ao time titular após ficar três partidas longe dos gramados. Com isso, Rodrigão volta para o banco de reservas.

     Mesmo com o retorno do camisa 9, o comandante segue com a ausência de Gustavo Henrique e Vitor Bueno. Enquanto o zagueiro rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e não defende mais o Santos neste ano, o meia sentiu uma lesão na coxa esquerda e vai seguir fora por, pelo menos, um mês. Para a vaga do defensor, David Braz deve entrar na equipe titular. Já no lugar Bueno, Dorival segue em dúvida entre Jean Mota e Emiliano Vecchio.

     Com isso, o alvinegro deve encarar o Atlético-PR com: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Jean Mota (Vecchio), Copete e Ricardo Oliveira.

     Já no Atlético-PR, a força da defesa é a principal arma para sair com um bom resultado da Vila Belmiro. Menos vazado do Campeonato Brasileiro, com apenas 23 gols sofridos, o Furacão engatou uma sequência de duas vitórias seguidas e voltou a sonhar com o G4. E para entrar de vez na briga pela vaga na Libertadores, os comandados de Paulo Autuori precisam vencer o Peixe.

     O zagueiro Paulo André, um dos líderes do grupo, projeta um clima de decisão entre as duas equipes. “Será um jogo ainda mais decisivo, com um grau de dificuldade maior, por ser fora de casa. É um confronto direto para nos aproximarmos do G4. Vamos concentrados e cientes de que teremos uma pedreira pela frente. Temos que nos defender bem. O Santos dificilmente perde dentro de sua casa. Se conseguirmos levar esse jogo de forma competitiva, podemos criar boas chances e marcar gols”, avaliou o defensor, traçando a estratégia para segurar o Peixe.

     E para encarar o alvinegro, o Atlético-PR deverá ter duas mudanças no time titular. Artilheiro do Furacão na temporada, com 13 gols, o atacante André Lima, com um edema no joelho esquerdo, segue fora da equipe, que terá o retorno do volante Hernani, recuperado de um desconforto na panturrilha.

     Além disso, Autuori segue sem contar com o zagueiro Cleberson, o goleiro Lucas Macanhan, o lateral-esquerdo Sidcley e o meia Luciano Cabral, todos no departamento médico. O volante Deivid e o meia Nikão continuam em fase de transição, ainda sem previsão de retorno.

     Com essas alterações, o Atlético-PR deve entrar em campo na Vila com: Weverton; Rafael Galhardo, Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas; Otávio e Hernani; Lucho González, Lucas Fernandes e Pablo; Luan.

 

FICHA TÉCNICA

SANTOS X ATLÉTICO-PR - Ao vivo na Rádio ESPORTESNET a partir das 15h30

Narração de Murilo Franco - Reportagens de Felipe Oliveira e Comentários:  Prof Fernando Alves Firmino

 

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data: 1º de outubro de 2016, sábado

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (PE)

Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Luiz Felipe e Zeca; Renato, Thiago Maia, Lucas Lima e Vecchio (Jean Mota); Copete e Ricardo Oliveira (Rodrigão)

Técnico: Dorival Júnior

ATLÉTICO-PR: Weverton; Rafael Galhardo, Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas; Otávio e Hernani; Lucho González, Lucas Fernandes e Pablo; Luan

Técnico: Paulo Autuori

Fonte: Gazeta ESPORTIVA: Luiz Felipe Fagundes e Vitor Anjos SantosSP

COMENTÁRIOS
Rádio ESPORTESNET