Taboão da Serra lança livro e premia vencedores do concurso cultural “A evolução da ciência e da tecnologia”
04/09/2019 11:41 em Taboão da Serra e região

Por Vera Sampaio

A noite de quarta-feira, 21 de agosto, foi de muita emoção para pais e familiares e professores de 21 alunos de Taboão da Serra. A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia realizou no Cemur, pelo sexto ano consecutivo, a festa de premiação dos estudantes, e seus respectivos professores, vencedores do concurso cultural sobre o Desfile de Sete de Setembro de 2018.

Na abertura, os alunos da EMEF Heitor Villa Lobos, regido pelos professores Ricardo Brocco e Reilza de Farias, deram um show ao entoar em português e em inglês o hino de Taboão da Serra. À ocasião, também ocorreu o lançamento do livro “A evolução da ciência e da tecnologia”, que traz as 21 obras vencedoras, sendo 12 desenhos de alunos do Jardim I ao 2º Ano e nove poesias de alunos do 3º ao 5º Ano do Ensino Fundamental.

Matheus Vasconcelos de Sousa Barbosa, então aluno da EMEF Profª. Maria Alice Borges Ghion, foi um dos vencedores. O morador do Jardim Trianon ficou em segundo lugar na categoria “5º Ano - Poesia” e levou para casa um troféu e cinco exemplares do livro. “Achei meio estranho e meio alegre. Eu não esperava que fosse ganhar, pois achei que na escola tinham pessoas que escreviam melhor que eu”, disse o jovem.

Emocionados, os pais do garoto mostraram que a família exerce um papel fundamental no desenvolvimento das crianças. “Sempre digo para ele que é preciso acreditar nele mesmo, no próprio potencial. A princípio, ele teve um pouco de dificuldade na escrita, quanto à rima. E eu explicava que, para ter uma boa redação, primeiro precisa saber o que quer falar, qual será o foco, para então dar sentido à escrita. Não pode ser simplesmente palavra por palavra, mas ter coerência, sentido e ser reflexivo”, explicou a mãe Elissandra Vasconcelos, que é professora. “Sempre falo para ele que o conhecimento é a maior riqueza que o ser humano pode ter, pois ninguém pode tirar. Temos que ser multiplicadores da educação, do conhecimento e do aprendizado, pois o que temos de mais precioso é o que a gente aprende”, finalizou.

Já o pai, Rodrigo Barbosa declarou que ficou emocionado. “Fiquei muito feliz quando fiquei sabendo que ele foi premiado e que receberia o troféu e o livro. Fiquei muito emocionado e alegre por esta conquista”, disse.

O secretário de Educação, Prof. João Medeiros, parabenizou todos os alunos e professores que participaram do concurso e ressaltou que para ter bons resultados na área da Educação é preciso uma série de condições. "Primeiro a cidade precisa ter projetos e uma equipe na Secretaria de Educação que seja capaz de estabelecer as diretrizes de uma política de Educação. Segundo, precisa ter vontade política, um prefeito com o Fernando Fernandes que invista e que acate as diretrizes gerais da Secretaria, além de uma Câmara de Vereadores que aprove estas diretrizes, como Plano Municipal de Educação que foi aprovado e que está sendo monitorado”, disse.

Após a cerimônia de premiação, as alunas da EMEF Dr. Anísio Dias dos Reis encantaram a plateia com a apresentação “A bailarina”, ao som da música homônima de Lucinha Lins. Já o encerramento ficou por conta do coral da EMEF Heitor Villa Lobos que subiu ao palco novamente e apresentou em inglês uma canção feita sobre o patrono da escola.

Estiveram presentes os vereadores: Cido da Yafarma, Dr. Eduardo Nóbrega, Dr. Ronaldo Onishi, Joice Silva e Priscila Sampaio; os secretários municipais Daniel Bogalho (Manutenção), Arlete Silva (Assistência Social e Cidadania), Dra. Raquel Zaicaner (Saúde), Sandra Pereira (Habitação e Meio Ambiente) e Wanderley Bressan (Cultura e Turismo), além da secretária adjunta Mi Quirino (Planejamento).

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Rádio ESPORTESNET