Como tratar e prevenir as otites em pets?
24/08/2019 11:10 em Variedades

OTODEX®, da UCBVET, é um aliado dos tutores e possui fórmula exclusiva com três princípios ativos e agora vem com novo bico que auxilia na hora da aplicação

Balançar a cabeça com frequência, exalar um cheiro forte nas orelhas e coceiras frequentes podem ser sinais de que seu pet está com otite. Em países tropicais, como o Brasil, cerca de 20% dos atendimentos clínicos de cães e gatos, corresponde a casos de otite.

De acordo com a médica-veterinária Mariana de Castro Amâncio, os pets com pré-disposição a serem acometidos pela inflamação, geralmente são os animais com orelhas mais longas e com grande quantidade pelos, como exemplares das raças Basset Hound, Cocker Spaniel e Golden Retriever. “Os cachorros com orelhas pendulares, com bastante pelo são mais suscetíveis a um abafamento e, consequentemente, há um aumento de umidade no conduto auditivo e grande produção de cera. Com isso, o ambiente se torna propício para uma presença maior de ácaro, fungos e bactérias”, explica. 

Mariana aponta que não há uma época específica do ano com maior incidência da inflamação. “Alguns tutores acreditam que no inverno os pets podem ter mais problemas com otite. A exposição do animal ao vento pode causar otites, porém, o clima não é fator decisivo e isolado para ser causador do problema”, desmistifica.    

Para o tratamento efetivo das otites em pets, a UCBVET desenvolveu uma formulação exclusiva composta por três princípios ativos: enrofloxacina, clotrimidazol e betametasona. O OTODEX® é um medicamento anti-inflamatório, antibiótico e antifúngico que pode ser utilizado tanto em cães como em gatos. 

O OTODEX®  reúne em sua formulação a enrofloxacina que se destaca pela alta eficácia terapêutica nas Pseudomonas aeruginosa, considerada uma das principais bactérias causadoras das otites crônicas. Além disso, possui o clotrimidazol, que é um antifúngico altamente específico para Malassezia pachydermatis, encontrado em mais de 80% dos casos de otite externa. Outro componente é a betametasona, que é um anti-inflamatório local e auxilia na diminuição dos incômodos, como a coceira e a vermelhidão, o que facilita o tratamento e a cura do animal. 

“Além de ser altamente eficaz no combate das otites, o OTODEX® não mancha o pelo e seu novo formato vem com uma cânula otológica que alcança o conduto auditivo dos animais, evitando o desperdício e uma aplicação rápida”, salienta. 

Prevenção das otites
Segundo a médica-veterinária, é possível fazer uma prevenção e, assim diminuir a incidência das otites. Para isso, Mariana indica que o tutor faça semanalmente a limpeza e desinfecção do conduto auditivo e pavilhão auricular, com o auxílio de substâncias que removem o excesso de cerúmen acumulados no ouvido, como o Ceruclean®. 

“O Ceruclean® é um aliado para prevenir a otite, pois ele é ceruminolítico de pH fisiológico. Para os animais saudáveis, o tutor pode fazer um trabalho preventivo e aproveitar o momento do pós-banho semanal para a limpeza”, aconselha. 

“Ele serve tanto para prevenção e limpeza do excesso de cera como para desinfetar e preparar o epitélio do conduto auditivo do animal que já esteja com otite e vai receber um otológico terapêutico, o OTODEX®. O tutor pode usar o Ceruclean® e o OTODEX® de modo associativo e aliado, pois quanto mais próximo do pH do ouvido do animal, o tratamento contra a otite se torna mais eficaz”, finaliza.

Sobre a UCBVET
A UCBVET está entre as dez empresas farmacêuticas veterinárias brasileiras com maior faturamento, segundo o Sindan (Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal), com atuação em diversos países das Américas Latina e Central e da África, Oriente Médio, além de todo o território nacional. Atualmente possui, em seu portfólio, 63 produtos em mais de 100 apresentações.

Suas linhas compreendem medicamentos veterinários de ação terapêutica (hormônios, anti-inflamatórios, analgésicos, antitóxicos e reconstituintes orgânicos), antiparasitários (endectocidas, endoparasiticidas e ectoparasiticidas) e antimicrobianos.

A companhia possui fábrica e laboratórios em Jaboticabal (SP), uma unidade de negócios em Ribeirão Preto (SP) e mais de 330 colaboradores. Uma das mais tradicionais e inovadoras empresas do segmento no Brasil, a UCBVET fabrica medicamentos para animais de produção (bovinos, bubalinos, suínos, ovinos, caprinos, equinos e aves) e de companhia (cães e gatos) desde 1917, quando foi criada pelo empresário João Brunini.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Rádio ESPORTESNET