Análise: objetivo das equipes no Brasileirão 2019
27/04/2019 15:03 em Esportes

Por Vinícius Batista 

O Campeonato Brasileiro finalmente chegou. A partir desse final de semana, as 20 melhores equipes do país disputam uma competição de pontos corridos longa e árdua, em busca de consolidação nacional. São 38 rodadas e cerca de oito meses de torneio. 

Com o intuito de mostrar ao leitor como os times estão e apontando alguns de seus objetivos, o ESPORTESNET realizou uma análise, para ilustrar o começo de trabalho das equipes e o que esperar delas no Brasileirão. Confira a seguir. 
 

Athletico Paranaense 

Atual campeão da Copa Sul-Americana, o torcedor do Athletico Paranaense pode esperar um desempenho bom de sua equipe no Campeonato Brasileiro de 2019. Além disso, o Furacão já levantou a taça do estadual nesse ano, embora tenha jogado o torneio apenas com reservas. Com um elenco mais qualificado, as expectativas são altas. 
 

Objetivo: Brigar pelo G-6 
 

Atlético Mineiro 

Após um começo de ano irregular, o Atlético Mineiro busca a recuperação no Campeonato Brasileiro. A perda do título estadual para o rival Cruzeiro e a eliminação na Copa Libertadores, pressionam a equipe nesse momento da temporada. O campeão brasileiro de 1971 precisa se reencontrar na temporada. Se depender somente de seu elenco, é possível fazer uma grande campanha no torneio. 
 

Objetivo: Brigar pelo G-6 

Avaí 

O Avaí retorna à primeira divisão do Campeonato Brasileiro depois de fazer uma sólida Série B no ano de 2018. Atualmente, a equipe até chega com moral para a competição, porque levantou a taça do Campeonato Catarinense em cima da Chapecoense, seu rival. No entanto, a carência de opções no elenco é um fator decisivo em um campeonato tão longo e cansativo. 

 

Objetivo: Ficar na Série A 
 

Bahia 

Campeã do campeonato regional e nas oitavas de final da Copa do Brasil, o Bahia aposta em jogadores jovens emprestados e outros com passagens boas em suas respectivas equipes, para brilhar no Campeonato Brasileiro. Roger Machado, ex-técnico do Palmeiras, também é uma nova aposta da equipe baiana na atual temporada. 
 

Objetivo: Vaga na Copa Sul-Americana 
 

Botafogo 

Péssima campanha no Campeonato Carioca, eliminação na terceira fase da Copa do Brasil, demissão de técnico, salários atrasados. Esse é o começo de temporada do Botafogo, que sofre com problemas financeiros e falta de material humano para competir na parte de cima da tabela. Eduardo Barroca, finalmente recebendo uma oportunidade de treinador, terá muito trabalho para arrumar o Glorioso. 

 

Objetivo: Vaga na Copa Sul-Americana 
 

Ceará 

O início de trabalho do Ceará em 2019, não é um dos mais animadoras. A equipe teve azar de enfrentar o Corinthians na Copa do Brasil e acabou eliminada. Além disso, a perda da taça do torneio local para o arquirrival Fortaleza, foi um fator determinante, tanto que Lisca foi demitido. Agora, a aposta está em Enderson Moreira, que fez um trabalho digno no América-MG, para comandar o Vovô. 
 

Objetivo: Ficar na Série A 
 

Chapecoense 

Vice-campeã catarinense e recém eliminada da Copa do Brasil, a Chape se encontra em um período de reformulação. A grande maioria de atletas em seu elenco são aqueles que tiveram passagens em equipes grandes, como Aylon, Márcio Araújo e Gum, além da referência no ataque Everaldo e o técnico Ney Franco. 

 

Objetivo: Ficar na Série A 
 

Corinthians 

Na volta ao Corinthians, Fábio Carille já coleciona um campeonato estadual em 2019, o seu terceiro consecutivo, visto que ele estava no comando do Timão em 2017 e 2018. Antes com elencos mais enxutos, agora o comandante alvinegro conta com um arsenal de opções importantes e uma tática resultadista, que pode até não agradar a maioria dos espectadores, mas que vem sendo importante para ganhar títulos. 
 

Objetivo: Título 
 

Cruzeiro 

Ainda invicto em 2019, a única equipe da Série A a atingir tal feito, o Cruzeiro vem muito forte para essa temporada. Mesmo com a saída do craque Arrascaeta para o Flamengo, a equipe mineira foi atrás de reforços e turbinou seu elenco, o qual é considerado por muitos, um dos melhores do país. Opções e qualidade não faltam fora dos gramados. A disputa de muitos campeonatos não é um problema, já que Mano Menezes conta com um cardápio recheado de atletas à sua disposição. 

 

Objetivo: Título 
 

CSA-AL 

Foram árduos 31 anos de fora da elite do futebol brasileiro. O CSA-AL busca se manter na primeira divisão nacional após o acesso histórico. Embora tenha a equipe mais limitada e menos reconhecida em questão de elenco, pode surpreender na competição e calar muita gente. 
 

Objetivo: Ficar na Série A 
 

Flamengo 

A equipe brasileira que mais investiu em reforços para 2019, chega para a disputa do Campeonato Brasileiro campeã carioca. As aquisições de Rodrigo Caio, Bruno Henrique, Arrascaeta e Gabigol, elevaram o patamar do Rubro-Negro carioca à um outro patamar. Seu elenco é muito forte. Resta saber se consegue aguentar a pressão da torcida e da diretoria para ganhar títulos. 

 

Objetivo: Título 
 

Fluminense 

O Fluminense ainda está buscando se reconstruir depois do fim da parceria com a Unimed. As contas realmente bateram na porta do clube das Laranjeiras. Acostumado a ter elencos milionários, agora o Fluminense mescla jovens talentos com atletas experientes e a filosofia ousada do técnico Fernando Diniz. É uma equipe que joga um futebol muito interessante nesse início de temporada, mas que ainda busca seu espaço entre as melhores equipes do Brasil. 

 

Objetivo: Vaga na Copa Sul-Americana 
 

Fortaleza  

Foram longos 13 anos de espera, porém finalmente veio o momento do torcedor do Fortaleza voltar a ver sua equipe entre os 20 melhores do país. A equipe comandada por Rogério Ceni quebra barreiras e conquista a simpatia e os olhares de muitos torcedores ao redor do país. Recentemente, o Leão ergueu o caneco cearense em cima do rival Ceará. A expectativa é grande em cima de uma equipe que não possui um dos melhores elencos, mas tem uma vontade de vencer inata. 
 

Objetivo: Ficar na Série A

 Goiás 

Começo promissor e desempenho inconstante. O Goiás, em apenas quatro meses, viveu muitos altos e baixos na temporada. De uma das poucas equipes invictas da Série A para eliminada na Copa do Brasil na segunda rodada, e em casa, diante do CRB-AL e derrotada pelo Atlético Goianiense na final do estadual. Os resultados culminaram na demissão de Maurício Barbieri. Claudinei Oliveira, ex-Chapecoense, é o escolhido para comandar a equipe no Brasileirão. 
 

Objetivo: Ficar na Série A 
 

Grêmio 

O Imortal chega com uma equipe forte para a temporada 2019. Atual campeão da Recopa Sul-Americana, o Grêmio já garantiu o campeonato regional após vencer o Internacional e busca mais um grande desempenho em competições nacionais e internacionais desde quando saiu da fila de taças "importantes", em 2016.  

 

Objetivo: Título 
 

Internacional 

O Internacional, assim como seu arquirrival Grêmio, faz um trabalho legal nesse primeiro semestre, mesmo sem título. Além de jogar um bom futebol no Gauchão e na Libertadores, o Colorado foi a segunda equipe brasileira a se classificar para o mata-mata do torneio continental, atrás apenas do Cruzeiro. Paolo Guerrero, voltando aos gramados depois de suspensão imposta pela FIFA, qualifica ainda mais esse elenco cheio de alternativas. 

 

Objetivo: Brigar pelo G-6

Palmeiras 

É verdade que o Palmeiras não está convencendo seu torcedor nesse ano. Também é verdade que a queda para o São Paulo na semifinal do Campeonato Paulista esquentou os ânimos na Academia de Futebol. No entanto, é preciso respeitar muito o maior campeão nacional e o atual do Brasileirão. O Verdão contém um elenco repleto de jogadores com muita qualidade, visto pelos especialistas como a única equipe que possui "três times titulares" no Brasil e um técnico cascudo, sempre em relacionamento sério com taças. 

Objetivo: Título 
 

Santos 

Nem o santista mais otimista da face da Terra imaginaria que em tão pouco tempo, a equipe se tornaria bastante competitiva. Sem contratações até janeiro de 2019, mas com Jorge Sampaoli anunciado como técnico, surgiu um ponto de interrogação. Será que o argentino vai dar jeito nesse time? Parece que sim. Mesmo sem títulos e eliminado bisonhamente na Copa Sul-Americana, o Santos investiu bastante em reforços e possui um elenco mais forte e joga melhor do que nos anos anteriores. Olho no Peixe. 
 

Objetivo: Brigar por G-6 
 

São Paulo 

Não existe palavra melhor para definir o ano do São Paulo até aqui do que "carrossel". O Tricolor Paulista subiu e desceu de forma muito rápida. A estreia no Paulistão animou o torcedor até o jogo contra o Santos, quando foi envolvido pelo rival. Depois, a melancólica derrota para o Talleres na Libertadores e os desempenhos ruins em clássicos. Posteriormente, uma classificação heroica para a decisão do estadual e finalmente, um vice-campeonato na mesma. Agora, o São Paulo conta com seus reforços, Alexandre Pato, Tchê Tchê, Vitor Bueno e Cuca, a fim de melhorar seu plantel e lutar por títulos no segundo semestre. 

 

Objetivo: Brigar por G-6 
 

Vasco da Gama 

O Vasco até que surpreendeu muitos quando começou bem o Campeonato Carioca e foi campeão da Taça Guanabara. Porém, o técnico Alberto Valentim desde aquele período já recebia críticas por seu trabalho mais defensivo. As derrotas para o Flamengo na disputa do estadual escancararam os problemas do Cruz-Maltino e resultaram na demissão do comandante. Ainda sem um substituto definido, o time aposta todas as suas fichas no Brasileirão. 

 

Objetivo: Vaga na Copa Sul-Americana 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Rádio ESPORTESNET