Análise: Santos ganha o jogo e o respeito de sua torcida em eliminação
09/04/2019 10:17 em Esportes

Por Vinícius Batista

Quando os 38mil torcedores santistas observaram (com exceção de alguns) Victor Ferraz desperiçar a sua cobrança de pênalti, que resultou na eliminação do Santos no Campeonato Paulista, eles ficaram quietos. Depois, aplaudiram bastante o desempenho do time, diferentemente das clássicas vaias vistas em momentos como esse.

Esse gesto tem explicação, principalmente para quem viu o jogo. O Santos mereceu passar pelo Corinthians. A equipe da Baixada Santista jogou um belíssimo futebol no estádio do Pacaembu.

Desde quando o Corinthians divulgou sua escalação, o Santos sabia que o rival iria jogar de um jeito defensivo e apostar no contra-ataque para vencer o jogo. Vagner Love foi sacado e Pedrinho começou entre os 11. A tática de Fábio Carille era que ele e Clayson usassem as laterais para ou ganharem na velocidade e finalizarem ou servirem "Gustagol" mandar para as redes.

Embora já tinha ciência que o rival iria se defender, Jorge Sampaoli armou uma equipe mega ofensiva. Com apenas Alison de volante de origem. Jean Mota, Cueva, Soteldo e Sanchez completavam o meio santista. 

O Santos amassou o Corinthians durante os 90 minutos. E os números comprovam esse fato. Mesmo com Cássio fazendo grandes defesas no tempo regulamentar e o adversário formando um ferrolho defensivo, que impedia qualquer tentativa de jogada ofensiva, os mandantes abriram o placar com um cruzamento perfeito de Victor Ferraz que encontrou Gustavo Henrique. 1x0 Santos aos 42 do segundo tempo.

 

(Divulgação/Twitter @santosfc).

 

Nas cobranças de pênaltis, a equipe sucumbiu. Mas cai de pé, vende a classificação de forma cara e ganha respaldo da torcida.

O Santos vai ser um time competitivo ao longo do ano. Precisa urgentemente de um centroavante, o clássico camisa 9, é verdade. Mas com essa filosofia de jogo de Jorge Sampaoli, com um futebol ofensivo, vistoso e envolvente e um elenco com qualidade melhor do que a do ano passado, o alvinegro praiano pode sim sonhar com um título nacional em 2019.

(Divulgação: Twitter/@santosfc).

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Rádio ESPORTESNET