Europa League: Entre incertezas, a Lazio recebe o Sevilha em Roma.
14/02/2019 01:39 em Esportes

A primeira partida da fase 16 avos de final, para a Lazio será uma dura parada dentro do estádio Olímpico de Roma. Dúvidas ainda rondam a cabeça do treinador Laziale. 

São Paulo- Após passar como segunda colocada no Grupo H, a Lazio entra na fase de mata-mata da Europa League tendo que provar sua superioridade dentro de casa num páreo duríssimo diante do Sevilha, hoje (14) às 16h. Além de todos os “temperos” que já existem num duelo como esse, o torcedor laziale ainda terá que se preocupar com a possível falta de Ciro Immobile, homem gol do time, que segundo Inzaghi será poupado por conta da lesão. “Tenho em mente a formação, mas tudo pode mudar. Immobile? Mais não que sim. O staff prefere não correr riscos”, declarou na entrevista coletiva de ontem.  

Só nessa temporada Ciro já balançou as redes 11 vezes (só no italiano) e virou uma referência no ataque biancocelesti. “Fará exercícios amanhã, mas não treinou com a equipe. Sabemos da importância de amanhã, mas temos muitas partidas próximas. É mais não, que sim”, enfatizou após outra pergunta sobre a falta de Immobile no jogo de logo mais. 

Fato é que a Lazio terá que vencer ou pelo menos empatar dentro de casa. Sem a menor dúvida, a torcida contará muito a favor da equipe da capital italiana. A escalação da Lazio deverá ser a seguinte: Strakosha; Bastos, Wallace, Radu e Parolo; Lucas Leiva, MilinkovicSavic, Lulic e Luis Alberto; Correa e Caicedo.  

E os espanhóis? Pelo lado sevillano a preocupação pelo baixo rendimento nas últimas rodadas atrapalha a concentração da equipe, segundo o técnico Machín, deve se entender a diferença entre as competições. “La Liga e a Europa League são competições distintas, porém, somos a mesma equipe. As vitórias dão confiança, fazem com que o time cresça. Queremos competir da melhor maneira e levarmos um bom resultado, fará bem a equipe”, declarou o espanhol. 

O Sevilha passou com tranquilidade pela primeira fase da Europa League, no grupo J, foi cabeça de chave, vencendo o Krasnodar nos critérios de desempate. Com um número maior de vitórias do que a própria Lazio. Atualmente ocupa a quarta colocação, os italianos ocupam a sétima posição no calcio.

Por Ennio Ricanelo.

 

COMENTÁRIOS
Rádio ESPORTESNET