PSG desfalcado e Manchester United favorito: contrariando as previsões, veja como foi a vitória do clube francês na Champions League
12/02/2019 21:04 em Esportes

Por Thais Nogueira

 

     Abrindo as oitavas de final da Champions League, o Manchester United recebeu o PSG em casa para o jogo de ida. Com Cavani e Neymar lesionados, a referência de ataque do clube francês ficou por conta de Mbappé. Jogando mais centralizado, o jovem francês não fez um bom primeiro tempo, perdeu gols feitos e não rendeu tanto quanto costuma render quando joga pelas laterais e fica livre para explorar jogadas de velocidade. O Manchester United vinha como favorito após embalar uma sequência de bons resultados no campeonato inglês sob o comando do treinador Ole Gunnar Solskjaer, que assumiu o time após a saída de Mourinho. Mas o que poderia ter dado muito errado nesse PSG desfalcado diante de um Manchester United favorito, se transformou numa vitória que deixa o time parisiense em vantagem na busca pela classificação para as quartas de final da Champions.

     O primeiro tempo foi bastante intenso para os dois times e com direito a um festival de cartões amarelos distribuídos pelo juíz. Com poucas finalizações das duas equipes, a primeira etapa foi bem equilibrada. O Manchester United até começou pressionando, mas esbarrou na marcação bem posicionada do PSG. Do outro lado, o PSG também teve algumas chances, mas não conseguiu encontrar o caminho do gol e os primeiros 45 minutos acabaram em 0 x 0. 

     No segundo tempo, o PSG voltou muito mais ofensivo. Logo aos 9 minutos, após escanteio cobrado por Dí Maria, o zagueiro Kimbempe apareceu livre de marcação e abriu o placar para o PSG. Aos 15 minutos, Dí Maria chutou cruzado para Mbapée e o veloz camisa 7 deixou os zagueiros do Machester United para trás e balançou as redes para o clube de Paris. A marcação forte do PSG continuou fazendo a diferença e nem a entrada de Lukaku resolveu o  ataque do United. Os destaques do jogo vão para Dí Maria, que participou diretamente nos dois gols, e também para Marquinhos, que fez uma excelente partida atuando dessa vez como volante, com direito a marcação especial em Pogba. Pogba, que aliás, foi expulso nos minutos finais do jogo após receber seu segundo cartão amarelo da partida e portanto, será desfalque para o jogo de volta.

     Apesar da derrota, nada está acabado para o United. O time inglês ainda tem chances de se classificar para as quartas de final, desde que vença o jogo de volta por três gols de diferença ou faça 2 a 0, o que levaria a partida à prorrogação e uma possível disputa de pênaltis. Enquanto isso, a vitória de hoje dá ao Paris Saint-Germain o bônus de poder empatar e até mesmo perder por um gol de diferença e ainda avançar para a próxima fase do torneio. O reencontro das duas equipes está marcado para o dia 6 de março às 17h, no estádio Parc des Prince, em Paris.

 

Foto: Reprodução/Facebook Esporte Interativo

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Rádio ESPORTESNET