Raio X das 5 estrelas - A Copa de Garrincha: 1962
04/06/2018 20:03 em História E.C.

Olá galera do portal democrático do esporte tudo bem com vocês? Eu Pedro Andrade, trarei pelos próximos dias uma série de textos, para detalhar como foram as cinco conquistas brasileiras em copas do mundo. O Raio-X de hoje é sobre a copa do mundo de 1962, que aconteceu no Chile.

 

  A setima edição da Copa do Mundo da FIFA, aconteceu durante os dias 30 de maio até o dia 17 de junho de 1962. O evento foi sediado no Chile, tendo partidas realizadas nas cidades de  Arica, Rancagua, Viña del Mar e Santiago (Ñuñoa). Conhecemos a copa hoje com 32 seleções mas em 1958 jogaram apenas 16, sendo 10 delas do continente europeu. Logo abaixo a lista das participantes dessa edição.

 

Chile

 

Alemanha Ocidental

 

Bulgaria

 

Espanha

 

Tchecoslováquia

 

Hungria

 

União Soviética

 

Iugoslávia

 

Inglaterra

 

Italia

 

Suiça

 

Argentina

 

Brasil

 

Colombia

 

México

 

Uruguai

 

   Curiosidade: as seleções da Bulgária e da Colômbia faziam sua primeira participação na competição.

 

O CAMINHO ATÉ O CHILE

 

    O Brasil como atual campeão do mundo, não precisou buscar a sua vaga na copa de 1962 por meio de eliminatorias. Graças a conquista de 1958 (cuja qual tem texto aqui) a nossa seleção consegiu a vaga direta para a copa no Chile.

 

PREPARAÇÃO PARA A COPA

   Depois da campanha vitoriosa de 1958 o então presidente da Confederação Brasileira de Desportos (CBD, atual CBF), João Havelange decidiu repetir todos os passos do planejamento anterior para a conquista do bi campeonato.

  A comissão técnica era quase a mesma de 58. Uma das poucas mudanças foi no cargo de técnico. Saiu Vicente Feola, que sofria de nefrite aguda (Doença renal) e problemas cardíacos. No seu lugar entrava Aymoré Moreira (antes de assumir a seleção foi treinador do Palmeiras). O time também contava com muitos jogadores da campanha anterior, mesmo aqueles já na época com idade mais avança: Nilton Santos (37 anos), Didi (32), Djalma Santos (33), Zito (29), Zagallo (30), entre outros. De fato, a média da seleção era de mais de 27 anos, um número considerado alto.

 

OS 22 GUERREIROS

 

     Depois dos cortes a lista que era de 41 jogadores, acabou com 22 atletas indo para a copa. Todos eles jogavam no Brasil e em clubes do Rio de Janeiro ou de São Paulo.

 

JOGADORES DE CADA CLUBE QUE FORAM CONVOCADOS

 

     Logo a baixo fiz uma lista com todos os jogadores que participaram da copa de 1958 devidamente descriminado pelos seus clubes.

 

PAULISTAS

Palmeiras: Do Verdão tivemos três convocados. O lateral Djalma Santos, o meio-campo Zequinha e o atacante Vavá. 

 

Portuguesa: A Lusa foi representada nessa copa pelo atacante Jair da Costa.

 

Santos: Do Peixe foram sete jogadores para o Chile, mais do que o dobro do numero representado na Suécia. Foram para a copa, o goleiro Gilmar, o zagueiro  Mauro, os meias Zito e Mengálvio,e o trio de ataque: Pelé, Pepe e Coutinho.

 

São Paulo: O Tricolor teve como seus representantes no Chile os zagueiros Jurandir e Bellini.

 

CARIOCAS

 

Bangu: O tradicional Bangu teve um jogador convocado nessa seleção campeã. Foi o zagueiro Zózimo.

 

Botafogo: O Fogão teve cinco jogadores convocados. O lateral Nilton Santos, o meia Didi, e o seu poderoso trio de ataque: Garrincha, Amarildo e Zagallo.

 

Fluminense: O Flu teve três jogadores convocados o goleiro Castilho e os laterais Jair Marinho e Altair.

 

 Curiosidade: Não tivemos jogadores do Corinthians, Flamengo e Vasco na lista de Aymoré Moreira.

 

A COPA 

      Finalmente chegou a hora de falarmos sobre os jogos. O Brasil caiu no grupo 3 junto com Espanha, México e Tchecoslováquia.

     No dia 30 de maio a nossa seleção fez sua estréia contra o México, no estádio Sausalito, na cidade de Viña del Mar, para 10.484 torcedores. O Brasil venceu pelo placar de 2 x 0 com gols no segundo tempo. O primeiro de Zagallo aos 11 minutos e Pelé aos 28.

 

     O segundo jogo foi no dia 2 de junho, 14.903 torcedores viram o 0 x 0 protagonizado entre Brasil e Tchecoslováquia no o estádio Sausalito, na cidade de Viña del Mar.

 

     No terceiro jogo um "vira,vira,virou!" para cima da Espanha. A nossa seleção venceu pelo placar de 2 x 1.Os Espanhois terminaram o primeiro tempo na frente do placar com gol de Rodrigues aos 35. Mas com dois gols de Amarildo no segundo tempo, O primeiro aos 27 minutos e o segundo aos 41, o Brasil carimbou a sua vaga para as quartas de final.

 

     O Brasil terminou a primeira fase como líder do grupo 3 somando 5 pontos ( a vitória valia 2 pontos e o empate 1) a outra classificada foi a Tchecoslováquia  com três pontos.

 

     Nas Quartas de final do Brasil teve pela frente a Inglaterra. Onde 17.736 acompanharam em Viña del Mar, a nossa seleção vencer pelo placar de 3 x 1. Um show de Garrincha que foi para a rede duas vezes. A primeira aos 31 minutos do primeiro tempo e a segunda aos 11 do segundo. O gênio das pernas tortas, marcou o primeiro e o terceiro. Quem fez o segundo gol foi Vavá aos 8 do segundo tempo. O gol inglês foi marcado ainda no primeiro tempo aos 38 minutos com Hitchens. 

 

     Na semi tínhamos pela frente os donos da casa o Chile. Mas quem parecia que estava jogando em casa foi a nossa seleção que venceu pelo placar de 4 x 2. Os gols Brasileiros foram marcados por Garrincha aos 9 e aos 32 minutos do primeiro tempo e Vavá aos 2 e aos 33 minutos do segundo tempo. O Chile marcou com Toro aos 42 do primeiro tempo e Sánchez aos 16 do segundo tempo, em cobrança de pênalti.

 

     A grande final foi contra a Tchecoslováquia. Na frente de 68.679 torcedores no Estádio Nacional em Santiago (mesmo palco da semi), no dia 17 de junho de 1962. O Brasil tomou um susto logo aos 15 do primeiro tempo com os Tchecos abrindo o placar com o gol de Masopust . Mas logo aos 17 Amarildo já deixava tudo igual. O primeiro tempo acabou em 1 x 1. No segundo tempo o Brasil foi pra cima e com gols de Zito aos 21 minutos e Vavá aos 33 

 

BRASIL BI-CAMPEÃO DO MUNDO - 1958 - 1962 

 

TÍTULOS INDIVIDUAIS

 

     Pelo Brasil Garrincha foi eleito Bola de Ouro daquela Copa do Mundo FIFA. Tivemos o All- Star Team, onde tivemos 5 Brasileiros entre os 11 melhores jogadores de cada posição. Foram eles: Djalma Santos (Melhor Lateral), Zagallo e Zito (Melhores Meias) e Vavá e Garrincha (Melhores Atacantes).

Apesar de termos trazido muitos gols do Brasil nesse texto o artilheiro foi Iguslavo Dražan Jerković, com 5 gols. Apenas 1 de diferença para a dupla Garrincha e Vavá que terminaram com 4 gols cada um.

 

    Essa foi a historia da Copa de 1962 a segunda estrela em nossa camisa. Gostou? compartilhe o conhecimento com seus amigos. Nos vemos na quarta onde irei falar sobre o TRI em 70. (Dessa copa tem muita coisa pra falar)

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Rádio ESPORTESNET