Copa de 1930: A consagração da celeste olímpica
16/03/2018 10:56 em História E.C.

     Na metade do ano de 1928 o então presidente da Federação Internacional de Futebol (FIFA) Jules Rimet anunciou planos de criar um torneio diferente dos Jogos Olímpicos e que seria aberto à todos os países filiados. Nascia ali a Copa do Mundo.

     O Uruguai foi escolhido para sediar a competição inaugural, que foi disputada entre os dias 13 e 30 de julho de 1930, por ser o atual campeão olímpico, torneio mais importante da época.

     Com sete seleções da América do Sul, quatro da Europa e duas da América do Norte, as seleções foram divididas em quatro grupos e os melhores de cada chave se classificaram para as semifinais. Todas as partidas foram disputadas na cidade de Montevidéu.

     O grupo 1, único com quatro seleções, foi formado por Argentina, Chile, França e México. A primeira partida do mundial foi disputada entre França e México, com vitória dos franceses por 4x1. Lucien Laurent marcou o primeiro gol da história das copas. Nessa chave a Argentina se classificou de forma invicta, com seis pontos em três jogos.

     A seleção brasileira ficou no grupo 2, junto com Iugoslávia e Bolívia. O Brasil jogou essa primeira copa com um time quase todo formado por cariocas e com uniforme branco, mas com uma derrota na estréia para os iugoslavos por 2x1, a vitória de 4x0 contra os bolivianos de nada adiantou e os europeus passaram para a semifinais. O Brasil terminou a copa na sexta colocação.

Seleção brasileira perfilada para a disputa da Copa de 1930. Credito - Getty Images

     Peru e Romênia ficaram no grupo 3 que também era composto pela seleção uruguaia. No primeiro jogo da chave entre Peru e Romênia, aconteceu a primeira expulsão do torneio, Plácido Galindo, jogador peruano. O Uruguai conseguiu a classificação após duas vitórias, 1x0 contra o Peru e 4x0 contra os romenos.

     No grupo 4 a seleção dos Estados Unidos se classificaram para as semifinais com duas vitórias fáceis contra a Bélgica e Paraguai, ambas pelo placar de 3x0. Inclusive na partida entre americanos e  paraguaios foi registrado o primeiro hat-trick da histórias da copas, quando Bert Patenaude marcou todos os gols da partida.

     Assim, as semifinais estavam formadas e os jogos seriam Argentina x Estados Unidos e Uruguai x Iugoslávia.

     No primeiro embate os argentinos golearam os americanos por 6x1, com direito ao um gol marcado do meio campo pelo jogador Luis Monti da Argentina.

     E um fato curioso é que na segunda partida decisiva o placar elástico se repetiu, agora para o lado dos donos da casa. A vitória veio de virada e com direito à outro hat-trick no torneio, agora do jogador do Uruguai Pedro Cea.

     Na grande final, Uruguai e Argentina reeditaram a decisão dos Jogos Olímpicos de 1928 e jogaram para mais de 93.000 pessoas no estádio Centenário no dia 30 de julho.

Estádio Centenário na grande final da Copa de 1930. Credito - Getty Images

     Em um jogo cercado por muita rivalidade, os uruguaios saíram na frente mas permitiram a virada dos argentinos ao final do primeiro tempo. Mas na segunda etapa, os anfitriões tomaram conta da partida e voltaram a ficar em vantagem no jogo, que terminou 4x2, decretando assim o primeiro título mundial do Uruguai.

Seleção do Uruguai, campeã mundial de 1930. Credito - Getty images

 

Números da Copa do Mundo de 1930

Artilheiro: Guilhermo Stábile (ARG) - 8 gols

Melhor ataque: Argentina - 18 gols

Melhor defesa: Brasil - 2 gols

 

Por Luiz Felipe Gaspar - especial para o ESPORTESNET

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Rádio ESPORTESNET