ATLÉTICO-MG VENCE JOINVILLE E AVANÇA NA COPINHA
12/01/2018 19:20 em Esportes

POR LEANDRO PORTO

O Atlético Mineiro começou bem a segunda fase da copinha. A equipe comandada por Ricardo Resende venceu na tarde desta 6º feira a equipe do Joinville pelo placar de 5 x 2  no estádio Vereador José Ferrez em Taboão da Serra. Com Isso, os mineiros avançaram a próxima fase do torneiro de juniores.

Os atleticanos começaram pressionando a equipe catarinense logo aos dois minutos. Ótimo cruzamento de Welinton pela direita, a zaga do Joinville não afastou, mas Alerrandro chutou por cima do gol de Nicolas.

A equipe mineira era melhor no jogo, não dando chances para o adversário jogar. Com essa pressão, o atacante Alerrandro abriu o placar logo aos 11 minutos de jogo. O camisa 9 atleticano arriscou de fora da área, sem chances para Nicolas, que nada pode fazer.

A equipe mineira avançou para a proxima fase da copinha.

A equipe do técnico Ricardo Resende continuava melhor e aproveitou a brecha para ampliar o placar. Aos 15 minutos, tabela na esquerda entre Bruno Roberto e Alerrandro. O camisa 10 atleticano bateu no canto esquerdo e deixou os mineiros em ótima situação.

Após o gol, a equipe do Joinville tentava pressionar para diminuir a desvantagem, principalmente com os rápidos Janderson e Baianinho, mas foi João Pedro, centroavante do JEC que perdeu a chance mais clara da equipe. Uma furada na pequena área podia colocar os catarinenses novamente no jogo.

Perdendo pelo placar de dois a zero, o Joinville pressionava, mas deixava espaços na defesa. Sabendo disso, em um contrataque, o atacante Welinton saiu cara a cara com o goleiro Nicolas, mas bateu fraco e o arqueiro catarinense fez a defesa com os pés.

De tanta pressão, o JEC conseguiu seu gol. Aos 30 minutos, o lateral Daniel Soares apareceu de surpresa na grande área e bateu cruzado. O goleiro Matheus Mendes ainda tocou na bola, mas ela foi no cantinho, diminuindo o placar para a equipe do sul do país.

Depois do gol catarinense, os técnicos mexeram nas suas equipes e por coincidência em seus camisas 10. Filipe Matos sacou Murilo Henrique e deu espaço para o atacante Lucas Correa. Já o Ricardo Resende perdeu Bruno Roberto por contusão, colocando Anderson Cordeiro em seu lugar.

Aos 42 minutos, o Atlético ampliou o placar, e com um golaço. Wenderson recebeu na intermediaria e arriscou, a bola pegou uma curva incrível e morreu no ângulo esquerdo do goleiro Nicolas Scheid, que se esticou todo, mas sem chance de defesa.  

Lateral Carlos Gabriel cobra falta perigosa no Estádio José Ferrez

O segundo tempo começou da mesma forma que terminou o primeiro, com o Atlético fazendo gol. Cruzamento pela direita de Welinton para Anderson Cordeiro que completou para gol logo aos quatro minutos, encaminhando a vaga mineira para a terceira fase da Copinha.

O Atlético queria mais e tentava aumentar o placar, mas o Joinville tentava de todas as formas ir ao ataque e tentar diminuir a desvantagem. Em uma desses ataques, aos 10 minutos da segunda etapa, os catarinenses reclamaram de pênalti na grande área. O Arbitro Paulo Cesar Francisco mandou seguir o lance, o que gerou revolta do treinador Filipe Mattos, que acabou sendo expulso por reclamação.

O Joinville tentava diminuir a desvantagem placar e conseguiu com um belo gol de João Paulo. Aos 18 minutos do segundo tempo, o atacante do JEC recebeu na meia lua da grande área e bateu de pé esquerdo no ângulo de Matheus Mendes, que ficou parado e sem chances de defesa.

Com o gol, e pressionando os mineiros, os catarinenses tiveram um gol anulado aos 21 minutos. Excelente jogada do lateral direito Lucas Sum, que limpou dois marcadores e bateu no gol. O goleiro atleticano defendeu e Lucas Correa completou para o gol vazio, mas ele estava em posição de impedimento, lance que gerou muita reclamação por parte dos jogadores do Joinville.

Ganhando a partida, os atleticanos seguravam o jogo e esperava alguma brecha para ampliar, e ela aconteceu. Anderson Cordeiro recebeu passe de Welinton e chegou mais rápido que a zaga do Joinville para marcar aos 38,  seu segundo gol e dando números finais a partida.

A equipe do Atlético Mineiro com a vitoria, continua na disputa e espera o vencedor de Audax contra o Real-DF na sede de Osasco. Já a equipe catarinense, com a derrota, se despede da competição, juntamente com a sede de Taboão da Serra. O Joinville sub20 volta a jogar agora apenas no mês de fevereiro, no campeonato catarinense da categoria.

FICHA TECNICA

JOINVILLE 5  X 2 ATLÉTICO-MG

Data: 12/01/2018

Estádio Vereador José Ferrez (Taboão da Serra)

Arbitro: Paulo Cesar Francisco

GOLS: ATL-MG - Alerrandro (2’ 1ºT), Bruno Roberto (15’ 1º T) Wenderson (42’ 1ºT), Anderson Cordeiro (4’ e 38’ 2ºT); JEC -  Daniel Soares (30’ 1ºT), João Paulo (18’ 2ºT)

JOINVILLE – Nicolas Scheid; Lucas Sum, Richard, Leonardo Coutro, Daniel Soares; William Pulga (Michael), Renan Torquatro (Lucas Marrane) e Murilo Henrique (Lucas Correa); Janderson, Baianinho (Rodrigo Cercal) e João Pedro; Tec: Filipe Mattos.

ATLÉTICO-MG – Matheus Mendes; Talison, Matheus Stockl, Ruan e Carlos Gabriel; Wenderson (Wendrew), Anderson Carvalho e Leonardo Murilo (João Moura); Bruno Roberto (Anderson Cordeiro), Welinton e Alerrandro (Lucas Oliveira); Tec: Ricardo Resende.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Rádio ESPORTESNET