Programa Elos acontece em escolas de Taboão pelo terceiro ano consecutivo
30/03/2016 16:32 em Taboão da Serra e região

Por Victor Simões

 

     Profissionais das secretarias municipais de Saúde e Educação passaram por uma formação para trabalhar questões que envolvem o uso de álcool e drogas junto aos alunos das escolas de educação básica Darcy Ribeiro e Jorge Amado e de ensino fundamental Aracy de Abreu Pestana e Vinicius de Moraes, todas da rede municipal. O treinamento foi aplicado pelo Ministério da Saúde e faz parte do Programa Elos, iniciativa do Governo Federal da qual Taboão participa desde 2014.

     A formação foi dividida em dois encontros realizados nos dias 28 e 29 de março, na Secretaria de Saúde de Taboão. Estiveram presentes os coordenadores pedagógicos e profissionais da Saúde responsáveis pela implantação do programa no município, que discutiram sobre as atividades que serão desenvolvidas em 2016.

     O conteúdo é trabalhado com estudantes de seis a dez anos, por meio de atividades que desenvolvam habilidades da vida com as crianças. Temas relacionados ao uso de álcool e drogas não serão discutidos de forma direta com os jovens, mas as atividades conduzidas os ajudarão a lidar melhor com essas questões quando atingirem a fase de adolescência e adulta.  “O Elos é inspirado em um programa norte-americano denominado Good Behavior Game, que obteve resultados relevantes na redução do índice de uso de álcool e outras drogas e possui sólida base científica, tendo sido implantado em vários países. Para ser utilizado no Brasil, foi necessário passar por uma cuidadosa e profunda adaptação cultural, adequada à realidade e às demandas do país”, comentou a secretária de Saúde de Taboão, Dra. Raquel Zaicaner.

     O Programa Elos será colocado em prática nas escolas do início de abril até o fim do ano letivo. Os resultados alcançados no município serão avaliados em reuniões mensais entre o Ministério da Saúde, coordenadores pedagógicos e professores, além de três encontros com as famílias dos estudantes ao longo do ano. “Ministramos treinamentos com os profissionais que acompanham as crianças em sala de aula, para que as atividades sejam desenvolvidas da melhor maneira possível e tragam os benefícios esperados”, explicou a formadora nacional do Ministério da Saúde, Darlene Cardoso, que aplicou o conteúdo nos encontros realizados na Secretaria de Saúde.

COMENTÁRIOS
Rádio ESPORTESNET