Participe de nossa pesquisa de opinião

Atlético-PR tem quatro bolas na trave, mas fica no empate com o Coritiba
10/09/2017 - 20h28 em Esportes

Atlético Paranaense e Coritiba terminaram o clássico realizado na manhã deste domingo na Arena da Baixada lamentando o empate em 1 a 1. Para a equipe da casa a lamentação vem por conta das inúmeras chances desperdiçadas, pelo lado do Coxa a tristeza vem pelo gol sofrido já nos minutos finais da partida. Com o ponto somado o Furacão não consegue atingir o seu objetivo de recuperar a sua vaga no G4 do Campeonato Brasileiro, já que soma agora 30 pontos e o Vasco acumula 31. A equipe visitante não consegue se distanciar da zona de rebaixamento. Com 27 pontos, a distância para a zona da degola é de apenas dois pontos.

Aos 23, Ederson vence William Matheus no alto, porém a bola acaba pegando na rede pelo lado de fora. Cinco minutos depois, foi a vez do zagueiro Paulo André conseguir espaço para cabeçar, no entanto o zagueiro acertou a trave esquerda do goleiro Wilson. Na primeira oportunidade do Furacão entrar na área com uma bola rasteira, o meia Lucas Fernandes acabou derrubado por Alan Santos dentro da área e o árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança de Nikão a bola explodiu no pé da trave direita de Wilson e perdendo uma ótima oportunidade de gol aos 41 minutos. Três minutos depois, o Coritiba voltou a utilizar a bola aérea tentando causar perigo ao gol adversário. Nesta oportunidade porém o ataque do Coxa finalmente conseguiu vencer a disputa aérea e abriu o placar com o desvio de Werley no cruzamento de Rafael Longuine.

Na segunda etapa, no terceiro minuto da partida, Lucas Fernandes arriscou um chute forte de fora da área, porém a bola foi bem interceptada pelo goleiro Wilson.

Aos 14, em nova bola cruzada na área, o zagueiro Paulo André acertou uma bela cabeçada no canto esquerdo do gol e exigiu nova defesa do goleiro adversário. Dez minutos mais tarde o Furacão acertou novamente a trave do Coxa após bela cobrança de falta de Felipe Gedoz. Aos 30, Ribamar ganha na velocidade e Walisson Maia mas chuta a bola cruzada direto pra fora. Aos 38 minutos, Felipe Gedoz ia escapando do zagueiro Cléber e iria sair cara a cara com o goleiro, porém o defensor derrubou o atacante e o árbitro marcou a segunda penalidade em favor do time da casa. I próprio atacante foi para a cobrança e não desperdiçou, empatando a partida.O Furacão ainda teve uma ótima chance para virar a partida. Após bela assistência de Guilherme, Ribamar saiu cara a cara com Wilson e acabou acertando a trave do Coritiba pela quarta vez na partida.

 

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR X CORITIBA

 

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 10 de setembro de 2017, domingo

Horário: 11 horas (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

Cartões amarelos: Guilherme (Atlético-PR), Kléber, William Matheus e Léo (Coritiba)

Cartão Vermelho: Werley (Coritiba)

Gols: ATLÉTICO-PR: Felipe Gedoz (pênalti), aos 41 minutos do segundo tempo; CORITIBA: Werley, aos 44 minutos do primeiro tempo

 

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Thiago Heleno, Paulo André e Fabrício; Pavez, Lucho (Matheus Rossetto), Guilherme, Lucas Fernandes (Felipe Gedoz) e Nikão; Ederson (Ribamar)

Técnico: Fabiano Soares

 

CORITIBA: Wilson; Léo, Walisson Maia, Werley (Cléber Reis) e William Matheus; Alan Santos, Matheus Galdezani, Rafael Longuine (Thiago Real) e Rildo; Getterson (Iago) e Kleber

Técnico: Marcelo Oliveira

 

Foto: Marco Oliveira/Site Oficial

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Rádio ESPORTESNET