Participe de nossa pesquisa de opinião

Quinta-feira, 18 de maio de 2017 às 0:34 em Esportes
Com gol aos 47, Flamengo está eliminado da Libertadores

47 minutos do segundo tempo. Uma desatenção da zaga e o Flamengo perdeu para o San Lorenzo por 2 a 1 de virada nesta quarta-feira, no estádio Nuevo Gasómetro, e deu adeus à Taça Libertadores ainda na fase de grupos, já que no outro jogo da chave o Atlético-PR derrotou a Universidad Católica por 3 a 2 em Santiago. O campeão carioca no primeiro tempo saiu à frente no placar, com gol de Rodinei. Mas, Angeleri empatou para os donos da casa, que passou a depender da vitória. Belluschi, nos acréscimos, concretizou o milagre. O San Lorenzo foi o primeiro colocado do grupo 4, com dez pontos e saldo 0, enquanto o Atlético Paranaense foi o segundo, com a mesma pontuação e saldo de -1. O Rubro-Negro do Rio de Janeiro ficou em terceiro lugar, com nove pontos, contra apenas cinco da Católica.

Aos três minutos do primeiro tempo. Ortigoza pegou sobra e fez o chuveirinho da esquerda. Márcio Araújo afastou, mas mandou perigosamente perto do gol. Aos dez, Botta bateu falta da direita, a um passo da área, e acertou a rede, mas pelo lado de fora. Aos 14 minutos, Everton bateu escanteio da esquerda e Blandi afastou, mas na sobra, de fora da área, Rodinei chutou por baixo no canto direito, e o goleiro Navarro aceitou. Aos 22, Rojas cruzou da esquerda procurando Blandi, mas o lateral bloqueou e afastou o perigo. Aos 28, o camisa dois passou para Guerrero, que também concluiu rasteiro. Desta vez, Navarro defendeu em dois tempos. Aos 31 minutos, Ortigoza esticou para Cerutti, Muralha saiu bem o gol e fechou o ângulo.

Aos seis da segunda etapa, Blandi aproveitou vacilo da zaga e disparou pela direita, mas, em vez de tocar para Cerutti, que vinha livre, preferiu seguir sozinho e foi desarmado. Berrío escapou pela direita, invadiu a área e driblou Rojas, mas acabou saindo com bola e tudo, aos 13 minutos. Aos 22, Rodinei disparou pelo mesmo lado e cruzou procurando Guerrero, mas Angeleri se antecipou e cortou de peixinho. Everton conseguiu o arremate no minuto seguinte, da esquerda, mas Navarro pegou. Zé Ricardo trocou Gabriel por Matheus Sávio, mas Barrios, ganhou do jovem a jogada na ponta esquerda e cruzou entre os zagueiros até Angeleri, que empatou. O San Lorenzo apostava nas jogadas aéreas, mas Réver e Rafael Vaz cortavam como fosse possível. Aos 44, depois de escanteio, Caruzzo cabeceou para o chão e Muralha operou um milagre. Nos acréscimos, após de confusão na área, Belluschi matou no peito e fuzilou por baixo do goleiro decretando a eliminação dos flamenguistas. Na coletiva pós jogo o técnico Zé Ricardo disse que será preciso escalar novamente a mesma montanha do Campeonato Brasileiro para chegar a Libertadores do próximo ano. Que não faltem as forças que o jovem técnico irá precisar de seus comandados e comandantes.

 

FICHA TÉCNICA:

 

São Lorenzo: Navarro; Díaz, Angeleri, Caruzzo e Rojas; Ortigoza, Mussis, Belluschi e Botta; Cerutti (Barrios) e Blandi. Técnico: Diego Aguirre.

 

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araujo, Willian Arão e Gabriel (Matheus Sávio); Berrío (Rômulo), Éverton e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

 

Árbitro: Enrique Cáceres (Paraguai), auxiliado pelos compatriotas Eduardo Cardozo e Juan Zorrilla.

 

Cartões amarelos: Belluschi e Díaz (San Lorenzo); Rodinei e Alex Muralha (Flamengo).

 

Gols: Angeleri e Belluschi (San Lorenzo); Rodinei (Flamengo).

 

Estádio: Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires (Argentina).

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Rádio ESPORTESNET