Um Marcinho jogando sozinho não faz verão
06/02/2017 23:31 em Esportes

Uma equipe que viveu apenas de um jogador. Assim o foi o Guarani. Apenas Marcinho teve uma boa atuação e pode ser de longe considerado o melhor em campo. Campo encharcado. Pesado. Cruel para a eficiência da bola parada do maestro Fumagalli, que hoje não foi Fumagol. Ficou na trave e assim o Guarani conheceu o seu primeiro empate no Campeonato Paulista da Série A2 dentro do Estádio Brinco de Ouro da Princesa, mas impediu que o São Caetano continuasse com 100% de aproveitamento e assumisse a liderança isolada no empate sem gols na noite desta segunda-feira, pela terceira rodada. No fim, o Bugre deixou o campo sob vaias dos corajosos e impacientes torcedores que compareceram a chuvosa arquibancada do único campeão do interior. 

O resultado colocou o time campineiro na 11ª colocação, com quatro pontos, contra sete do São Caetano, que termina a rodada na terceira posição, perdendo para Rio Claro e Bragantino apenas pelos critérios de desempate. Fumagalli, assim como toda a equipe verde foram bem marcados e não surgiu espaço para surpreender o São Caetano. A melhor chance de gol na primeira etapa foi aos 30 minutos, pelo lado do São Caetano. Em cobrança de falta de Francisco Alex, Leandro Santos salvou o Guarani ao espalmar a bola para fora. O meia, inclusive, chamou a responsabilidade e tentou guiar o time do ABC Paulista, mas faltou capricho para acertar o chamado último passe. Fumagalli ainda cobrou uma falta nas mãos de Lucas Frigeli, que sofreu falta de Ferreira e assim se findou o lance.

No segundo tempo aos quatro minutos, a bola foi alçada na área do São Caetano, a defesa parou e deixou a bola viva na marca do pênalti. Rogério tentou o chute, mas foi travado por Lucas Frigeli, que chegou a tempo para afastar o perigo. Aos nove minutos Elias aproveitou a sobra dentro da área e chutou para grande defesa de Leandro Santos. A última esperança do Guaraní foi aos 43 minutos quando Marcinho arriscou de longe, mas parou no camisa 1 do São Caetano, assegurando assim o resultado. Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o Rio Preto no sábado, às 19h, no Estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto tentando mais Marcinhos para sonhar em alçar vôos rumo ao acesso.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Rádio ESPORTESNET